Sobre Montes Claros

Cidade de Montes Claros

Montes Claros é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais. Pertence à microrregião homônima e Mesorregião do Norte de Minas, localizando-se a norte da capital do estado, distando desta cerca de 422 km. Ocupa uma área de 3 582,034 km², sendo que 38,7000 km² estão em perímetro urbano e os 3543,334 km² restantes constituem a zona rural. Em 2010 sua população foi contada pelo IBGE em 361 971 habitantes, sendo então o sexto mais populoso de Minas Gerais e o 62º de todo o país.

A sede tem uma temperatura média anual de 22,65 °C e na vegetação do município predomina uma mistura entre cerrado e caatinga. Em relação à frota automobilística, em 2009 foram contabilizados 120 436 veículos. Com uma taxa de urbanização da ordem de 90 %, o município contava em 2009 com 224 estabelecimentos de saúde. O seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,783, considerando-se assim como médio em relação ao país.

Montes Claros foi emancipada no século XIX, tendo, há bastante tempo, a indústria e o comércio como importantes atividades econômicas, sendo considerada um polo industrial regional. Atualmente é formada por dez distritos, sendo que é subdivida ainda em cerca de 200 bairros e povoados. Conta com diversos atrativos naturais, históricos ou culturais, como os Parques Municipal Milton Prates, Guimarães Rosam e Sapucaia, que são importantes áreas verdes, e construções como a Catedral de Nossa Senhora Aparecida e a Igrejinha dos Morrinhos, além dos vários sítios arqueológicos.

Origens e pioneirismo

As terras do atual município de Montes Claros eram, até a década de 1760, habitadas apenas pelos índios Anais e Tapuias. Por volta do ano de 1768, uma expedição composta por 12 bandeirantes espanhóis e portugueses, a Expedição Espinosa, desbravou a região à procura de pedras preciosas, e embrenharam-se pelo sertão do Norte da Capitania de São Paulo e Minas de Ouro. Fernão Dias Pais, o governador, organizou uma bandeira, para conquistar aquela região.

Antônio Gonçalves Figueira, que pertencia à Bandeira de Fernão Dias, acompanhou-a até às margens do Rio Paraopeba, onde, com Matias Cardoso de Almeida, abandonou o chefe, que voltou para São Paulo, chegando lá dois anos depois. Naquele lugar, Antônio e Matias construíram fazendas, cujas sedes foram crescendo e se transformando em cidades, caçando índios e continuaram a explorar as riquezas da região. Pelo alvará de 12 de abril de 1707, Antônio Gonçalves Figueira obteve a sesmaria de uma légua de largura por três comprimentos, que constituiu a Fazenda de Montes Claros (uma das três fazendas), situada nas cabeceiras do Rio Verde Grande, pela margem esquerda. Formigas foi o segundo povoado da Fazenda Montes Claros. Gonçalves Figueira, para alcançar mercado para o gado, construiu estradas para Tranqueiras na Bahia, e para o Rio São Francisco.

Crescimento econômico e demográfico

Em Montes Claros houve um grande processo de industrialização a partir da década de 1970. A atividade industrial, implantada a partir de incentivos fiscais e financeiros do poder público (federal, estadual e municipal) através da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE), fez com que a cidade se tornasse foco de um intenso fluxo migratório, o que gerou um crescimento urbano desordenado. Assim, o rápido processo de urbanização, agravado pela falta de planejamento, resultou numa diferenciação espacial intra-urbana, com várias áreas demarcadas por focos de pobreza. Na década de 1980 alterações importantes ocorreram na malha urbana com a ocupação de vazios urbanos na região sul, reforma de avenidas para permitir um melhor fluxo de veículos, verticalização na área central e suas proximidades, alteração na distribuição espacial de diversas atividades e dispersão da periferia.

Com o passar do tempo, novas melhorias foram feitas, com fim de deminuir o índice de pobreza. Em 1970, 74,79% da população se encontrava em nível de pobreza, enquanto que em 2001 esta taxa era de 33,17%. Hoje a predominância do espaço rural foi e está sendo substituída pelo urbano, para atender às exigências da expansão urbana, dada pelo aumento das atividades produtivas na cidade (indústria, comércio e serviços) e pelo aumento da demanda habitacional, gerado pela concentração populacional. O limite entre o campo e a cidade está deixando de ser visível e a população do campo vem decrescendo a cada ano.

Economia

O Produto Interno Bruto - PIB - de Montes Claros é o maior de sua microrregião, destacando-se na área de prestação de serviços. De acordo com dados do IBGE, relativos a 2008, o PIB do município era de R$ 3 462 739,125 mil. 390 147 mil são de impostos sobre produtos líquidos de subsídios a preços correntes. O PIB per capita é de R$ 9 665,14 e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de renda é de 0,691, sendo que o do Brasil é de 0,723.

De acordo com o IBGE, a cidade possuía, no ano de 2008, 9 497 unidades locais, 9 127 empresas e estabelecimentos comerciais atuantes e 130 045 trabalhadores, sendo 70 691 pessoal ocupado total e 59 354 ocupado assalariado. Salários juntamente com outras remunerações somavam 691 296 reais e o salário médio mensal de todo município era de 2,2 salários mínimos.

Saúde

Em 2009, o município possuía 224 estabelecimentos de saúde entre hospitais, pronto-socorros, postos de saúde e serviços odontológicos, sendo 83 deles públicos e 141 privados. Neles a cidade possuía 921 leitos para internação, sendo que 241 estão nos públicos e os 680 restantes estão nos privados. Na Cidade Montes Claros existem seis hospitais gerais, sendo um público, dois privados e três filantrópicos. A cidade conta ainda com 8 780 profissionais de saúde. No ano de 2008 foram registrados 5 167 de nascidos vivos, sendo que 7,7% nasceram prematuros, 38,5% foram de partos casarios e 16,8% foram de mães entre 10 e 19 anos (0,5% entre 10 e 14 anos). A taxa bruta de natalidade naquele ano era de 14,4. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da longevidade em Montes Claros é de 0,787 (o brasileiro é 0,638), com expectativa de vida de 72,25 anos.

São exemplos de hospitais da cidade o Aroldo Tourinho, Clemente de Farias (Universitário), Fundação Hospitalar Dilson de Quadros Godinho (São Lucas), Alpheu de Quadros e Santa Casa. A Santa Casa de Monte Claros, denominação comum do hospital Irmandade Nossa Senhora das Mercês, é considerado como o maior estabelecimento de saúde da região do norte de Minas Gerais.

Turismo e eventos

Para estimular o desenvolvimento socioeconômico local, a prefeitura de Montes Claros, juntamente ou não com empresas locais, investe no segmento de festas e eventos. Essas festas, muitas vezes atraem pessoas de outras cidades, exigindo uma melhor infraestrutura no município e estimulando a profissionalização do setor, o que é benéfico não só aos turistas, mas também a toda população da cidade. As atividades ocorrem durante o ano inteiro. Há: o Festival do Pequi, em janeiro; o Carnamontes, em fevereiro ou março; o Festival Internacional de Danças Folclóricas, em maio; as Festas Juninas, em junho ou julho; a Exposição Agropecuária, no Parque de Exposição João Alencar Athayde, em julho; a Festa de Agosto (Catopês), em agosto; a Feira Nacional da Indústria, Comércio e de Serviços de Montes Claros (FENICS), em agosto; e o Salão Nacional de Poesia Psiu Poético, em outubro.

Para homenagear a comunidade de moradores desta maravilhosa cidade, o Encontra Minas Gerais criou o Encontra Montes Claros.

Blog do Guia da Cidade de Montes Claros

Receba notícias por e-mail
Cadastre-se e receba notícias de Montes Claros por email
 

Dados Principais sobre Montes Claros

Aniversário: 3 de julho
Fundação : 1857
Gentílico: montes-clarense
Area: 3 582.034 Km²
População 361 971 hab. (2010)
IDH 0,783 - médio
Prefeitura Montes Claros

Brasão de Montes Claros
Brasão de Montes Claros

Bandeira de Montes Claros
Bandeira de Montes Claros

Vídeo sobre a cidade de Montes Claros

Mapa de Montes Claros

 

Moradores ilustres de Montes Claros

 

   

  Sobre o EncontraMontesClaros
Anuncie no EncontraMontesClaros
Cadastre sua Empresa no EncontraMontesClaros (grátis)
Fale com EncontraMontesClaros


Termos do Serviço | Política de Privacidade